BIBLIOCANTOS


JARDINEIRA

BibliocantoJardineira

 

Jardineira

Benedito Lacerda / Humberto Porto

Blecaute

 

Oh jardineira, por que estás tão triste?

 

Mas o que foi que te aconteceu?

 

* Foi a camélia que caiu do galho

 

Deu dois suspiros e depois morreu

 

Vem, jardineira, vem, meu amor

 

Não fique triste que este mundo

 

É todo seu 

 

Tu és muito mais bonita

 

Que a camélia que morreu

 

Bibliotecária

Fernando Modesto

 

 

Oh bibliotecária por que estás tão triste?

 

Mas o que foi que te aconteceu?

 

Foi o usuário que pegou emprestado

 

Meu documento e  desapareceu

 

Vem, bibliotecária, vem, meu amor

 

Não fique triste que este acervo

 

É todo seu

 

Tu és muito mais importante

 

Que a matéria que pereceu

 

Autor: Benedito Lacerda / Humberto Porto Blecaute - Versão: Fernando Modesto

   21 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.