BIBLIOCONTOS


MANUAL PRÁTICO DE ORIENTAÇÃO PARA BEBOTECÁRIOS

Adaptação Fernando Modesto

 

Como deve agir o bibliotecário que bebeu um pouco a mais em eventos na biblioteca ou da área, e que apresenta alguns dos seguintes sintomas:

 

SINTOMA: Pés frios e úmidos.

CAUSA: Está segurando o copo pelo lado errado. Copo não é livro, o conteúdo vaza.

SOLUÇÃO: Gire o copo até que a parte aberta esteja virada para cima.

 

SINTOMA: Pés quentes e úmidos

CAUSA: Você não está em casa tomando banho. É xixi mesmo.

SOLUÇÃO: Vá se secar no banheiro da biblioteca. Tenha sempre uma muda de roupa armazenada no armário da biblioteca.

 

SINTOMA: De repente a parede da biblioteca está cheia de luzes.

CAUSA: Você caiu de costas no chão.

SOLUÇÃO: Coloque seu corpo a 90º graus do solo.

 

SINTOMA: O chão parece embaçado.

CAUSA: Você está olhando para o chão através do fundo do seu copo vazio ou do que restou da lente dos seus óculos.

SOLUÇÃO: Compre outra bebida ou similar, ou então vá urgente ao oculista. Neste estado como irá ler as etiquetas das lombadas?

 

SINTOMA: O chão da biblioteca está se movendo.

CAUSA: Você está sendo carregado ou arrastado.

SOLUÇÃO: Pergunte se estão te levando para outra seção da biblioteca ou para outro bar, ou para algum hospital mesmo (em qualquer situação esteja sempre  bem informado).

 

SINTOMA: O local ficou completamente escuro.

CAUSA: Acabou a luz na biblioteca ou o bar fechou.

SOLUÇÃO: Pergunte ao colega da referência ou ao garçom o endereço de sua casa. Se não souberem peça para ligarem pro Conselho Regional de Biblioteconomia da sua região. Se for sábado, fodeu!

 

SINTOMA: O motorista do ônibus-biblioteca é um urso polar rosa.

CAUSA: Você bebeu muitíssimo.

SOLUÇÃO: Peça ao urso polar que o deixe no ponto da sua casa urgente.

 

SINTOMA: Você está olhando um espelho que se move como  água.

CAUSA: Você está para vomitar em uma privada.

SOLUÇÃO: Enfie o dedo na garganta. Mas solte o copo, a garrafa ou alguma obra que tenha nas mãos.

 

SINTOMA: As pessoas na sala de leitura falam produzindo um misterioso eco.

CAUSA: Você está com a garrafa de bebida na orelha.

SOLUÇÃO: Deixe de ser palhaço, você é um bibliotecário

 

SINTOMA: A sala de audiovisual se move muito com uma estranha música repetitiva.

CAUSA: Não queira tirar o CD do drive. Você está em uma ambulância.

SOLUÇÃO: Tente não se mover. Possível coma alcoólico.

 

SINTOMA: A fortíssima luz da sala de referência está cegando seus olhos.

CAUSA: Você está na rua e é dia.

SOLUÇÃO: Tente encontrar o caminho da biblioteca; se não encontrar volte para casa, se não lembrar o endereço, tome um táxi para a sede do Conselho Regional de Biblioteconomia da sua Região. Esteja com anuidade em dia, senão fodeu. Se for sábado, fodeu de novo.

 

SINTOMA: O bibliotecário-chefe não liga para o que você fala.

CAUSA: Você está falando com uma estante de livros

SOLUÇÃO: Procure o técnico de biblioteconomia para que ele te leve para casa, antes que o bibliotecário-chefe te veja.

 

Atenção, divulgue essa mensagem para os seus amigos bebotecários. Eu fiz a minha parte...

Autor: Fernando Modesto

   30 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.