BIBLIOCONTOS


NA BIBLIOTECA DE HISTÓRIA E FILOSOFIA

Na biblioteca da Faculdade de História e Filosofia, trabalhava uma bibliotecária de nome Grécia, cuja família de origem italiana, havia vindo de Roma. Hera uma profissional que tinha lá Zeus gostos.

Por exemplo, gostava de trabalhar no setor de referência, e trabalhava sempre usando uma camiseta Polo, que Hera para lhe dar Ares mais clássico no desempenho da sua atividade; uma atividade de muita responsabilidade.

Essa postura de seriedade Éris extrema, e nunca Zeus errado perante os seus usuários, Afrodite se quiser. E o mais incrível, Hera a bibliotecária mais procurada, um oráculo da informação. Considerada como verdadeira Deusa entre o público frequentador da biblioteca.

Afinal, Poseidon natural para o tipo de trabalho e de comunicação com este público da biblioteca.

Atena sua entidade classe, como o CRB, Hera reconhecida pela dedicação. Diziam que a profissão Hades ter bons bibliotecários, mas não melhor que ela, Héstia a verdade.

Autor: Fernando Modesto

   23 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.