BIBLIOCONTOS


TRÊS ENVELOPES PARDOS

O bibliotecário acaba de ser empossado na direção de uma importante biblioteca pública. Ocorre que no dia da posse, o diretor anterior lhe entrega três envelopes pardos, com um conselho:

- Abra cada um deles, na sequência, toda vez que enfrentar um grave problema na biblioteca.

As coisas seguiam caminhando bem até que, passados alguns meses a biblioteca enfrenta uma crise financeira com a renovação de assinaturas de revistas e aquisição de recursos bibliográficos.

O bibliotecário em um momento de reflexão, recorda-se do conselho recebido, e abre o primeiro envelope, contendo a seguinte mensagem:

- Culpe o seu antecessor.

Ele reúne a Comissão da Biblioteca, o Secretário de administração, e apresenta gráficos, relatórios, contratos e consegue provar que a responsabilidade era do seu antecessor.

Convencidos pelo discurso do bibliotecário, o Secretário da Administração libera um aditivo ao orçamento e os membros da Comissão aprovam os procedimentos propostos para a normalização da crise da biblioteca.

Passado um bom tempo, e nova crise orçamentária se instala, acrescida da insatisfação salarial dos funcionários. O bibliotecário abre o segundo envelope, onde se lê:

- Corte custos!

Novamente ele reúne a Comissão da Biblioteca, o Secretário de Administração, e apresenta proposta de corte drástico de custos em áreas da biblioteca, incluindo a dispensa de funcionários.

No mês seguinte os resultados começam a aparecer, inclusive com aumento de produtividade.

Passado um ano e, novamente, uma crise se instala na biblioteca, uma crise bem mais grave.

O bibliotecário abre então o terceiro e último envelope onde está escrito:

- Prepare três envelopes pardos!

Autor: Fernando Modesto

   82 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.