BIBLIOCANTOS


CARRO VELHO

 

 

Carro Velho

 

Composição: Ivete Sangalo / Ninha

 

Cheiro de pneu queimado
Carburador furado
Coração dilacerado.
Quero meu negão do lado
Cabelo penteado
No meu carro envenenado.
Eu vou,
Eu vou,
Então venha
Pois eu sei
Que andar a pé, amor
É lenha
Eu vou,
Eu vou,
Então venha
Pois eu sei
Que andar a pé, amor
É lenha
Eu vou pra lá dançar
Seja noite ou seja dia
E se eu beber alguma, amor

Me guia
Eu vou pra lá dançar
Seja noite ou seja dia
E se eu beber alguma, amor

Ouoo me guia.

Quer andar de carro velho, amor

Que venha
Pois eu sei

Que andar a pé, amor
É lenha,
Quer andar de carro velho, amor

Que venha
Pois eu sei que andar a pé, amor
É lenha.

Acervo Velho

 

Versão: Fernando Modesto

 

Cheiro de papel usado

Material carunchado

Dado superado

Quero ser usuário informado

Profissional capacitado

Em  acervo atualizado

Sacou,

Sacou,

Informação velha

Pois eu sei

Que não dá pé, senhor

É lenha

Sacou,

Sacou,

Informação velha

Pois eu sei

Que não dá pé, senhor

É lenha

Eu vou pra lá pesquisar

Seja noite ou seja dia

E se eu quero saber além, só clamor

Quem me guia

Eu vou pra lá pesquisar

Seja noite ou seja dia

E se eu quero saber além, só clamor

Ouoo  sem bibliotecário não há guia

Quer consultar acervo velho, senhor

Que brenha

Pois eu sei

Que não dá pé, senhor

È lenha

Quer consultar acervo velho, senhor

Que brenha

Pois eu sei que não dá pé, senhor

È lenha

 

Autor: Fernando Modesto

   25 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.