GERAL


CIENTISTA DE DADOS MOSTRA QUE TRABALHOS COM RESULTADOS NÃO CONFIRMADOS CONTINUAM A RECEBER CITAÇÕES


O cientista de dados Paul von Hippel, da Universidade do Texas, em Austin, Estados Unidos, avaliou até que ponto perdem credibilidade os trabalhos científicos na área de psicologia cujos resultados não são confirmados em estudos posteriores. Em um levantamento na edição de junho da revista Perspectives on Psychological Science, ele comparou o número de citações – uma medida de influência de um artigo acadêmico – de 98 papers de um periódico de psicologia. Em comum, todos haviam sido publicados em 2008 e submetidos a tentativas de replicação em 2015.

Von Hippel constatou que, entre os que não foram confirmados, o número de citações caiu pouco, apenas de 5% a 9%, em comparação com os que tiveram sucesso na reprodução dos achados. Também observou que menos de 3% dos estudos em que os artigos originais foram citados mencionavam o estudo de replicação. O pesquisador faz recomendações para evitar que resultados falhos continuem a servir como referência. Sugere que os autores sejam obrigados a citar não apenas estudos originais como também os de replicação, se eles tiverem sido realizados, e propõe que mecanismos de busca e bancos de dados científicos sejam aprimorados para dar mais visibilidade aos estudos de replicação. A escolha da psicologia como área de estudo não foi ocasional: na década passada, a disciplina foi abalada por uma sucessão de casos de artigos que caíram em descrédito porque seus resultados não foram confirmados em experimentos subsequentes – alguns por erros e outros por fraudes.


Fonte: PESQUISA FAPESP, ano 23, n. 309, p.8, set. 2022

   313 Leituras


Sem Próximos Ítens

Ítem Anterior

author image
JOGO DE CARTAS MARCADAS NA AVALIAÇÃO DE ARTIGOS LEVA À RETRATAÇÃO DE 20 TRABALHOS PUBLICADOS NA REVISTA PLOS ONE
Novembro/2023



author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.