PRIMEIRA PÁGINA


MILITAR ADMITE DESTRUIÇÃO DE ARQUIVOS


As forças armadas uruguaias destruíram, há mais de uma década, os arquivos da repressão durante a ditadura militar (1973-1985), segundo afirmou o novo comandante chefe das Forças Armadas, Juan Fernández Maggio. Fernández afirmou que “estão faltando muitos arquivos” os quais descobriu terem sido queimados. O novo comandante afirmou que durante os governos democráticos passados, “houve diferentes ordens do Poder Executivo de destruir os documentos sobre as pessoas que estavam incluídas por temas ideológicos”. 


Fonte: Jornal de Londrina, p.6, 03/02/2006

   54 Leituras


Próximo Ítem

author image
ÔNIBUS LEVA BIBLIOTECA AMBIENTAL
Março/2006

Ítem Anterior

author image
EUA CRITICAM CENSURA DA WEB NA CHINA
Fevereiro/2006



author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.