PRIMEIRA PÁGINA


CURRÍCULO VITAL


Durante o ano de 2005, o jornal Folha de S. Paulo produziu um levantamento sobre os 331 currículos recebidos durante o ano pelo caderno de empregos. Como resultado do estudo, observou-se que 58% apresentavam erros de Português. Desses, a maioria relacionava-se a ortografia e acentuação.

Além disso, 41% continham imprecisões quanto à formação acadêmica, problema agravado pelo excesso de negritos e itálicos, e pela formatação irregular ou falha. Diversos currículos dispensavam itens importantes, como objetivos, ou careciam de bom senso, como aqueles com foto do (a) candidata em trajes de banho. Ao menos fossem salva-vidas, mas nem isso...


Fonte: Discutindo Língua Portuguesa. v.2, n.9, p.36, 2007

   58 Leituras


Próximo Ítem

author image
APROVADO PROJETO QUE DISPONIBILIZA LIVROS NA INTERNET PARA DEFICIENTES VISUAIS
Junho/2008

Ítem Anterior

author image
LANÇAMENTO - LIVRO
Maio/2008



author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.