GERAL


REPUBLICANOS CRIAM "ESQUADRÃO DA VERDADE" PARA NEGAR BOATOS SOBRE PALIN

  • Autor não informado
  • Setembro/2008

Desde que foi indicada para a chapa presidencial republicana, Sarah Palin se transformou em uma figura de apelo nacional e, como tal, não param de surgir rumores sobre sua vida na Internet. Para combater os boatos, a campanha republicana criou o "Esquadrão da Verdade de Palin".

 

A nova estratégia incluiu o envio de e-mails para combater os boatos e a criação de uma equipe em nível estadual e nacional para responder rapidamente qualquer história que sair da Internet para a imprensa, com alertas e comunicados de campanha aos jornalistas e também aos eleitores.

 

"Nós não vamos permitir que aqueles de esquerda e na mídia inventem mentiras de uma mulher que sempre serviu seus concidadãos com honra", explicou a campanha de Palin, em comunicado. "Nós sabemos a verdade e estamos comprometidos em assegurá-la", continua o texto.

 

Antes da escolha de um companheiro de chapa, a equipe do presidenciável faz uma extensa investigação da vida pessoal e política dos candidatos, uma forma de antever possíveis polêmicas e pontos negativos que a pessoa pode trazer para a campanha.

 

Palin, 44, foi escolhida não apenas por ser mulher e mais jovem que John McCain, 72, mas por seu histórico de conservadorismo e plataforma de reforma ética. Contudo, nestas primeiras semanas após sua escolha, as conquistas políticas da governadora parecem esquecidas por trás de polêmicas e rumores.

 

Um dos rumores que circularam na Internet foi de que o seu filho caçula, Trig, era, na verdade, filho de sua filha, Bristol. o boato fez com que Palin e os republicanos assumissem que a adolescente estava grávida do namorado.

 

Outro rumor afirma que a republicana tentou banir uma lista de livros da biblioteca pública quando foi prefeita de Wasilla, no Alasca. As obras incluem "Harry Potter" e vários clássicos que iriam contra sua religião cristã.

 

Contudo, como afirma reportagem da CNN, muitos dos livros da lista nem ao menos existiam há 12 anos, como a própria série "Harry Potter", que começou a ser publicada em 1997.

 

Outro rumor falso citado pela CNN é de que Palin cortou o orçamento para educação de crianças com deficiência em mais de 60%. Segundo um artigo recente da "Education Week", ela triplicou o valor que cada aluno receberá durante os próximos três anos.  [...]

Fonte: Clique Aqui
Divulgado por Rodney – enviado para “bibamigos” em 12/09/2008

   21 Leituras


author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.