GERAL


PRÓ-LIVRO LANÇA PLATAFORMA QUE MAPEIA AÇÕES DE INCENTIVO À LEITURA BRASIL AFORA

Quando o Instituto Pró-Livro (IPL) entregou, no final do ano passado, a primeira edição do Prêmio IPL – Retratos da Leitura, Marcos Pereira, que preside a entidade até o começo de maio, anunciou a criação de uma plataforma que reunisse projetos de incentivo da leitura Brasil afora. Na manhã desta quinta-feira (6), Pereira esteve na Unibes Cultural, em São Paulo, para anunciar o lançamento da Plataforma Pró-Livro, um mapeamento de ações de fomento à leitura, que passará a servir de base para as edições futuras do prêmio.

“Existem projetos lindos e exitosos espalhados pelo Brasil, nossa intenção é dar visibilidade para que estes projetos possam conseguir recursos e se ampliarem”, explicou Zoara Failla, gerente executiva de projetos do IPL. “O objetivo da plataforma vai muito além da própria ferramenta. Temos a necessidade de transformá-la numa construção colaborativa. Ela só vai existir à medida em que ela for abraçada pelas pessoas que desenvolvem esses projetos que são tão bonitos e estão escondidos pelo Brasil. Nosso grande desafio será chegar até essas pessoas. Queremos que elas cadastrem seus projetos na plataforma ou teremos uma grande ferramenta digital vazia”, conclamou.

Para além de ser um depósito de projetos de incentivo à leitura, a plataforma quer possibilitar o intercâmbio de informações entre os projetos cadastrados. “É importante essa troca de experiências. Nessas trocas, se constrói”, defendeu a gerente de projetos. Para isso, a plataforma criou um espaço para fóruns de discussões através do qual a curadora Heloisa Amaral vai propor temas para debates. Paralelo a isso, a plataforma sustenta ainda uma biblioteca colaborativa na qual o IPL quer reunir um acervo digital de estudos, teses, publicações e artigos sobre o assunto, alimentado pelos usuários e também pela curadoria do IPL. “A ideia é que a pessoa que acessar essa biblioteca tenha condições de buscar informações, estudos e experiências para embasar seu trabalho”, comentou Zoara. A plataforma traz ainda uma seção de notícias onde serão penduradas novidades sobre o IPL, sobre o prêmio e sobre outras inciativas na área de promoção de leitura, formação leitora e acesso ao livro.

Uma das principais funcionalidades do prêmio será a de servir como base de inscrições para o Prêmio IPL – Retratos da Leitura, que será entregue em novembro. Os projetos cadastrados e habilitados na plataforma poderão, em agosto, optar em participar do Prêmio. As diretrizes e orientações sobre o prêmio já estão definidas e podem ser acessadas na Plataforma. Como foi no ano passado, serão escolhidos projetos em quatro categorias: Empresas da cadeia produtiva do livro; Organizações Sociais, Mídia e Bibliotecas públicas e comunitárias. Na primeira etapa do julgamento, uma equipe de especialistas fará uma seleção de finalistas que serão submetidos à comissão de jurados que elegerá três vencedores em cada uma das quatro categorias.

O IPL terá troca de comando no dia 4 de maio, quando Marcos Pereira será substituído por Luís Antonio Torelli, presidente da Câmara Brasileira do Livro, uma das mantenedoras do IPL ao lado do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), comandado por Pereira, e pela Associação Brasileira de Editores de Livros (Abrelivros), presidida por Antonio Rios.

 

Autor: Leonardo Neto
Fonte: PublishNews - 06/04/2017

   106 Leituras


author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.