GERAL


LIVROS RAROS DO INSITUTO DE BOTÂNICA SÃO ROUBADOS


Suspeita é que o crime tenha sido encomendado.

 

Livros raros foram roubados ontem do Instituto de Botânica de São Paulo por homens armandos.

 

Por volta das 16h, duas pessoas armadas renderam os dois seguranças do local e invadiram a biblioteca, onde mantiveram bibliotecários e estagiários reféns.

 

Depois, os assaltantes, obrigaram uma das funcionárias a abrir o local, fechado por grades, onde as obras estavam guardadas.

 

Segundo as testemunhas, eles procuravam por três obras de 15 volumes datadas do final do século 19 e começo do século 20.

 

São os livros "Sertum palmarum brasiliensium", de 1903 (dois volumes), "Flora Fluminensis", de 1827 (11 volumes) e "Bambusees", de 1013 (dois volumes).

 

Os livros estão entre os mais importantes da botânica brasileira, com registros de espécies e das primeiras expedições feitas no país.

 

O órgão afirma suspeitar que o crime tenha sido encomendado. Funcionários do Instituto, que é ligado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente, afirmam que os homens relataram que as obras seriam mandadas para o exterior.

 

A secretaria afirma que não é possível estimar o valor monetário das obras, que não têm mais exemplares disponíveis para a substituição.

 

Imagens de câmeras do local devem ser analisadas pela Polícia Civil.


Fonte: Folha de São Paulo, p. C3, 03/02/2012

   67 Leituras


Próximo Ítem

author image
HOTEL DE LITERATURA OFERECE MAIS DO QUE BONS QUARTOS
Março/2012

Ítem Anterior

author image
METAS DO PLANO NACIONAL DE CULTURA
Fevereiro/2012



author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.