GERAL


IRÃ PRETENDE SE DESLIGAR DA INTERNET ATÉ O ANO QUE VEM


O Irã pretende abandonar a internet global e criar um rede própria até 2013, afirmou o chefe do Ministério da Comunicação e tecnologia da Informação do país, Reza Taqipour, em uma conferência na Universidade Amir Kabir. Eles afirmou que a rede mundial "não é confiável" e que está nas mãos de "um ou dois países específicos", sem especificar quais. As informações são do Business Insider.

 

Segundo Kabir, ministérios e órgãos do governo ficarão offline a partir de setembro, como parte de um esforço para proteger a inteligência nacional. A tentativa do Irã de criar uma intranet nacional não é novidade. O governo do Irã reiterou há mais de um ano sua intenção de desligar-se da rede mundial de computadores, por motivos de segurança e devido à censura que aplica a suas comunicações e à informações obtida na web.

 

O país foi alvo central de dois grandes ciberataques, movidos por algum Estado, segundo empresas de segurança. Em 2010, o vírus Stuxnet afetou uma planta nuclear. Neste ano, foi descoberto o Flame, um supervírus que vinha espionando e monitorando as redes iranianas.


Fonte: Clique Aqui
Divulgado por Gerardo Xavier Santiago - Enviado para "3.setor" em 13/08/2012

   71 Leituras


Próximo Ítem

author image
PARA EVITAR NOVOS SUICÍDIOS, UNIVERSIDADE DE NY REFORMA BIBLIOTECA
Agosto/2012

Ítem Anterior

author image
EDUCAÇÃO DO BRASIL FOI A 3Š QUE MAIS AVANÇOU NO MUNDO
Agosto/2012



author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.