GERAL


JUSTIÇA JULGA PROCEDENTE PEDIDO DO SINASEMPU A FAVOR DOS BIBLIOTECÁRIOS


O pedido formulado em Ação Condenatória, pelo Sinasempu, para que sejam afastados das atividades privativas dos bibliotecários os servidores do MPU não habilitados para o exercício da profissão foi julgado procedente pelo Tribunal de Justiça Federal do Distrito Federal.

 

O julgamento ocorreu na 3ª Vara Federal da Seção de Brasília, no dia 5 de abril último. A decisão vale, especialmente, para os nomeados em cargos de comissão ou em função comissionada.

 

"Essa é mais uma vitória para nós servidores. Quero compartilhar este feito com todos os profissionais da área", comemora o diretor Roberto Negri, autor da iniciativa em defesa dos bibliotecários, categoria da qual faz parte.

 

Veja a sentença do Processo: http://186.202.72.16/website/media/documentos/sentenca_bibliotecarios.pdf


Divulgado por CRB-10 – Enviado para “CRB-10” em 16/04/2013

   81 Leituras


Próximo Ítem

author image
LIVROS EMPOEIRADOS? CONHEÇA A BIBLIOTECA DO FUTURO
Maio/2013

Ítem Anterior

author image
UMA BIBLIOTECA DE E-BOOKS
Abril/2013



author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.