BIBLIOCANTOS


AMANTE À MODA ANTIGA/CONSULENTE À MODA ANTIGA

Amante À Moda Antiga

 

Erasmo Carlos

 

Eu sou aquele amante à moda antiga

Do tipo que ainda manda flores

Aquele que no peito ainda abriga

Recordações de seus grandes amores

 

Eu sou aquele amante apaixonado

Que curte a fantasia dos romances

Que fica olhando o céu de madrugada

Sonhando abraçado à namorada

 

Eu sou do tipo de certas coisas

Que já não são comuns nos nossos dias

As cartas de amor, o beijo na mão

Muitas manchas de batom daquele amasso no portão

 

Apesar de todo o progresso

Conceitos e padrões atuais

Sou do tipo que na verdade

Sofre por amor e ainda chora de saudade

 

Porque sou aquele amante à moda antiga

Do tipo que ainda manda flores

Apesar do velho tênis e da calça desbotada

Ainda chamo de querida a namorada

 

Eu sou aquele amante à moda antiga

Do tipo que ainda manda flores

Apesar do velho tênis e da calça desbotada

Ainda chamo de querida a namorada

 

Ainda chamo de querida a minha namorada

A minha namorada, a namorada

A minha namorada

Consulente à Moda Antiga

 

Versão Fernando Modesto

 

Eu sou aquele consulente à moda antiga

Do tipo que ainda busca fontes

Aquele que com jeito ainda pergunta

Informações com seus agregados valores

 

Eu sou aquele consulente dedicado

Que lê da poesia aos romances

Que fica vasculhando toda a biblioteca

Indagando conteúdo à bibliotecária

 

Eu sou do tipo que busca materiais

Que não são comuns e nem poucos banais

As fichas de autor, do assunto à mão

Todas as datas de registros sobre

Dados da documentação

 

Apesar de todo o progresso

Formatos e padrões atuais

Sou do tipo que em realidade

Torce por serviço que opera sem dificuldade

 

Porque sou aquele consulente à moda antiga

Do tipo que ainda busca fontes

Consultar o velho ex-libris e a estante abarrotada

Ainda clamo a ajuda da bibliotecária

 

Eu sou aquele consulente à moda antiga

Do tipo que ainda busca fontes

A consultar o velho ex-libris e a obra esgotada

Ainda clamo a ajuda da bibliotecária

 

Ainda peço a ajuda da dedicada bibliotecária

A solicita bibliotecária, a bibliotecária

A minha bibliotecária

Autor: Fernando Modesto

   33 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.