PRINCIPAL
COLUNAS
CURIOSIDADES
DESBASTANDO O ACERVO E OUTROS TRECOS DA BIBLIOTECONOMIA
EXPERIÊNCIAS
GENERALIDADES
MERCADO
NOTÍCIAS
TEXTOS
PESSOAL
DISCIPLINAS
CADASTRO
CONTATO
NOTÍCIAS

PRIMEIRO LEITOR ELETRÔNICO DE LIVROS BRASILEIRO
[18/03/2010]

O primeiro leitor eletrônico de livros brasileiro, o Mix Leitord, será lançado em junho pela pequena empresa Mix Tecnologia.

Com tela de 6 polegadas e 400 gramas, o aparelho comporta cerca de 1.500 livros em versão digital e tem uma bateria que permite mais de 8 mil trocas de páginas. O preço do eletrônico ficará entre R$ 650 e R$ 1.100. A empresa está pleiteando isenções fiscais, já que o produto terá utilidades acadêmicas.

Durante a conferência sobre educação, os diretores da Mix Tecnologia, Diego Mello e Murilo Marinho, mostraram como uma pequena ideia cresceu e irá se transformar em um grande lançamento. Diego disse que o país tem um grande potencial de leitura e que os livros precisam estar mais perto dos jovens.

Maior leitor de livros didáticos - De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil é o maior leitor de livros didáticos do mundo, embora quase 65% dos municípios não tenham livraria e 17%, careçam de bibliotecas.

- Ao contrário do que eu pensava, a maioria dos leitores atualmente são os jovens, e não os mais velhos - destacou Diego.

Murilo lembra uma pesquisa realizada pela Câmara Brasileira do Livro, em 2008, que mostrou que o Sudeste concentra 65% dos livros em acervos de instituições de ensino. Para ele, o e-reader brasileiro trará uma série de facilidades.

Ferramentas digitais - O Mix Leitor-d tem dicionário, tradutor, agenda, calendário e outras ferramentas - lembrou Murilo. - Outro benefício é não precisar mais carregar tanto peso.

O Mix Leitor-d possibilita ao aluno acessar informações sobre instituição como notas, boletins, diários de presenças, compromissos, horários de aulas e provas.

De maneira parecida, o professor também tem acesso a informações pertinentes à turma e ao gerenciamento de dados sobre os alunos.

- Também é possível trocar conteúdo com outros aparelhos e escutar áudio-livros - completou Murilo.



(Fonte: Jornal do Brasil - 26/02/10)
(Divulgado por Carlos Moreira - Enviado para "3.setor" em 09/03/2010)


Desenvolvido por LLT Hosting & Development © Info Home 2005