ONLINE/OFFLINE


NOVOS CAMPOS BIBLIOGRÁFICOS MARCADOS EM DUAS DÉCADAS DO SÉCULO XXI - (PRIMEIRA PARTE)

O ambiente de catalogação segue em uma contínua evolução. Entre as décadas de 1960 e 2000, as mudanças foram enormes; decorreram da proliferação de novas tipologias documentais, novas formas e suportes de conteúdos e, também, a mudança do ambiente analógico para o on-line impactou qualitativamente processo pelo qual o bibliotecário e os usuários desenvolviam suas atividades.

Neste sentido, ao longo das duas primeiras décadas do século XXI, o formato MARC 21 – Bibliográfico acrescentou novos campos de controle e descrição; bem como redefiniu outros para se adequar às novas diretrizes catalográficas preconizadas pelos requisitos funcionais e encampadas nas instruções e diretrizes da RDA (Resource Description and Access). Atua-se, agora, sob o contexto das redes eletrônicas, e esta Norma além de sinalizar as mudanças da catalogação como ferramenta da Rede, representa uma nova dinâmica descritiva no trato de recursos tradicionais quanto não-tradicionais, analógicos e digitais; reformatando a própria abrangência documental de um formato bibliográfico tradicional como o MARC.

Neste texto, relaciona-se os novos campos introduzidos e renomeados pelo Formato. A intenção é reforçar o alerta aos bibliotecários de catalogação sobre a importância de acompanhar a instalação de novos campos e a sua adoção na revisão dos seus processos catalográficos como forma de acompanhar as mudanças.

Algumas etiquetas, em especial, merecem maior atenção para o ajuste dos procedimentos descritivos diante dos contextos atuais da representação; pois o Formato MARC sofre alterações na codificação dos dados, não apenas para atender os novos princípios de catalogação, mas principalmente estar adequado para uma migração ao BIBFRAME, a nova estrutura bibliográfica em projeto.

Deve-se observar, as datas de criação dos campos apresentados; quanto mais se consolida os modelos dos requisitos bibliográficos e as diretrizes da RDA, mais campos, no formato, são estabelecidos, detalhando a descrição ou incluindo subcampos de ligação entre dados bibliográficos e entre registros e recursos bibliográficos. Não está listado os campos que sofreram alterações ou criação de subcampos.

Saliente-se, que os campos criados ou redefinidos atendem a Declaração dos Princípios Internacionais de Catalogação, a RDA e, também, a ISBD consolidada. Há, porém, exceções de campos criados para atender o mercado editorial, caso do campo 366.

No quadro a seguir, ilustra-se o volume de etiquetas criadas ou alteradas pelo formato bibliográfico. Destaca-se os momentos de mudança com a revisão do AACR2r (entre 1998-2004); o desenvolvimento do projeto AACR3 e consequente transformação para uma nova norma entre 2004 e 2005; os testes com a RDA entre 2010 e 2012, até o seu lançamento oficial em 2013; e as mudanças prosseguem a nova estrutura bibliográfica (BIBFRAME) e a revisão da RDA por meio do Projeto 3R – projeto de reestruturação e design (3R) do RDA Toolkit com acréscimo de recursos para maior flexibilidade e utilidade à exibição de instruções e documentos relacionados à Norma e que atualiza a aparência do site.

Quadro 01 – Distribuição Anual das Etiquetas MARC Criadas ou Alteradas

 

 

Elaboração: Fernando Modesto (2020)

Nota-se que, anualmente, 2.7 etiquetas são criadas ou atualizadas pelo formato MARC – MARC Steering Group, órgão responsável pelas mudanças nos formatos MARC. Fato que impõe, aos bibliotecários de catalogação, uma atenção permanente no acompanhamento e atualização dos processos, para a aplicação de novas codificações à descrição de recursos bibliográficos; ou mesmo a revisão catalográfica dos registros pré-existentes no catálogo.

Elenca-se a seguir etiquetas relacionadas com o escopo de sua finalidade e exemplos de aplicação, com link direto ao seu detalhamento para melhor compreensão das aplicações na elaboração dos registros bibliográficos. 

Etiquetas dos campos:

Campo 026 – Identificador Digital (R) [novo, 2002]: usado no auxílio à identificação de livros de antiquário; registra informações que incluem grupos de caracteres retirados de posições indicadas em páginas especificas do livro, de acordo com princípios estabelecidos por diretrizes publicadas. As diretrizes usadas são identificadas no subcampo $2 (Fonte). As impressões digitais podem ser registradas em um formato analisado, nos subcampos $a - $d, ou como uma única sequência de caracteres no subcampo $e. Exemplo:

026 ## $edete nkck vess lodo 3 Anno Domini MDCXXXVI 3 $2fei $5UkCU

026 ## $ae-s- 11as $bs,me crth 3 $c1797. $dv.1

Campo 028 – Número do Editor (R) [redefinido, 2016]: campo foi renomeado e redefinido para incluir o número do editor. Identifica o número formatado usado para gravações de som, música impressa, outros materiais relacionados à música e gravações de vídeo. Os números do editor e do distribuidor, apresentados de forma não formatada, são registrados no campo 500 (Nota Geral). Uma constante de impressão identificando o tipo de número de editor ou distribuidor pode ser gerada com base no valor na primeira posição do indicador. Repetível para vários números associados a um item. Os números identificados como números de estoque são registrados no campo 037 (Fonte da aquisição). Exemplo:

028 42 $aK0904 $bKartemquin Films

028 62 $aDV98597 $bFacets Multimedia

[gravação de vídeo publicada pela Kartemquin Films e distribuída pela Facets Multimedia.]

028 02 $a438 953-2 $bPhilips Classics $q(set)

028 02 $a438 954-2 $bPhilips Classics $q(disc 1)

028 02 $a438 955-2 $bPhilips Classics $q(disc 2)

[2 CDs, com número para o conjunto e um número para cada CD]

Campo 031 – Informação sobre Incipits Musicais (R) [novo, 2004]: contempla os dados codificados que representam o incipit musical para música no uso de esquemas de notação estabelecidos, e que empregam símbolos ASCII. Campo utilizado, principalmente, para identificar manuscritos musicais, mas pode ser aplicado a qualquer material que contenha música. Exemplo:

031 ## $a01 $b01 $c01 $mS $dAria $tRei d’impuniti eccessi $re $gC-1

$oc $p'2B4B8BB/4G8GxF4FF/4xA8AA4.At8B/4B $2pe

031 ## $a01 $b01 $c01 $mvl1 $dScena. Largo $lG-2 $nbBEA $oc

$p'C+8(3{CDEFG};5)}8{GC}{,nB'G}4(-)/''2G+6{GnB'''C''E}6{DCAG}

$2pe

031 ## $aa $b01 $c02 $mS $eSara $dScena. Largo $gC-1 $nbBEA $oc

$tChi per pietà mi dice il figlio mio che fà

$p=5/4-''6C3CC6DEgF6CC8-6ED/q8D4C8C'nB''4D-/2-/ $2pe

031 ## $a01 $b02 $c01 $mvl1 $dAria. Allegro $gG-2 $nbBEA $oc ]

$p6{'EDEF}{GABG}{EDEF}{GABG}/{''C'BAG}{FEDC},4B-/ $2pe

Campo 038 – Licença do Conteúdo do Registro (NR) [novo, 2002]: campo referente a indicação de licença dos direitos de propriedade intelectual para os dados contidos no registro, como os acordos contratuais. Para cadastro, consultar o apêndice I: Organization Code Sources para obter uma lista das fontes usadas nos registros MARC 21. Exemplo:

Subcampo: $aRegistro de conteúdo licenciado: Código MARC da organização que licencia os direitos de propriedade intelectual para os dados contidos no registro:

038 ## $aUk

Campo 046 – Código Especial de Datas (R) [redefinido, 2002]: campo redefinido como repetível. A finalidade é de identificar data das informações do item que não podem ser registradas no campo 008/06-14 (Tipo de data / Status da publicação, Data 1, Data 2) porque essas informações envolvem uma ou mais datas “Antes da era comum” (B.C.E. - Before Common Era), datas incorretas, datas em que os recursos foram modificados ou criados, e a duração de data quando os recursos são válidos ou são registrados neste campo, além de aparecerem em 008/06-14. Quando o campo 046 é usado para as datas do BCE, 008/06 é definido como código b (Nenhuma data é fornecida; data do BCE envolvida) e os campos 008/07-10 e 008/11-14 contêm espaços em branco (####). Quando o campo 046 é usado para datas incorretas, o campo 008/06 é codificado para o tipo de dados corrigidos e os campos 008/07-10 e 008/11-14 contêm as datas corretas. Exemplos:

$aTipo do código de data

046 ## $ak $b1000 $d500

046 ## $aq $b250 $e100

046 ## $ax $c1693 $e1639

$b - Data 1, B.C.E. data: Antes da era comum (B.C.E.) Data 1 (tipo de data normalmente registrada em 008/07-10).

046 ## $as $b245

[uma moeda datada de 245 B.C.E.]

$c - Data 1, C.E. data: Era comum (C.E.) Data 1 (tipo de data normalmente registrada em 008/07-10). No caso de uma data incorreta 1, a data incorreta é registrada no campo 046, enquanto a data corrigida é registrada em 008/07-10.

046 ## $ar $c1936 $d210

[réplica de uma escultura romana de 1936, datada de 210 B.C.E.]

046 ## $ax $c1703

[Data 1 incorreta C.E.; Data 1 corrigida “1730" registrada em 008/07-10]

$p - Data final do conteúdo agregado: Data final do release original do conteúdo de uma coleção/agregação.

008/06-14 s2006####

046 ## $o1932 $p1940

Campo 047 – Código da Forma de Composição Musical (NR) [redefinido, 2006]: Campo redefinido como repetível. Os códigos que indicam a forma da composição musical de música impressa e manuscrita e das gravações sonoras musicais, quando as posições dos caracteres 18 e 19 (Forma da composição) do campo 008 (Elementos de dados de comprimento fixo) para a música contêm o código mu para múltiplas formas ou para Códigos não-MARC. Os códigos MARC estão listados no campo Música 008/ 18-19 (Forma da composição). Os códigos individuais são fornecidos no campo 047, subcampos $a. Os códigos são registrados em ordem de importância para o item descrito. O código para a forma mais importante de composição é fornecido primeiro. Exemplo:

008/18-19 mu

047 ## $aor $act [Oratórios e Cantatas.]

008/18-19 mu

047 ## $arg $app [O título é: Paul Jacobs plays blues, ballad and rags.]

Campo 083 – Número Adicional para Classificação Decimal de Dewey (R) [novo, 2008]: número de classificação usado para acesso ao assunto. Ele é retirado da Classificação Decimal de Dewey (CDD) e do seu Índice Relativo, da CDD Abreviada, e das atualizações eletrônicas de sua edição. Exemplo:

$aNúmero de classificação: O número de classificação adicional aplicado ao recurso, que pode ser usado para acesso ao assunto, além do número de classificação principal atribuído.

082 04 $a599.0994 $222

083 0# $a598.0994 $222

083 0# $z2 $a94 $222

Para um livro sobre pássaros e mamíferos australianos. O número Dewey 599 é usado para obras sobre mamíferos e para obras abrangentes sobre aves e mamíferos. O restante do número principal, no campo 082, consiste em 09 tratamento geográfico da Tabela 1 e 94 para Austrália na Tabela 2. Não há como saber a partir desse número se o livro contém informações sobre aves ou não. O número Dewey 598, no primeiro campo 083, significa pássaros, e o número completo significa pássaros na Austrália. O segundo campo 083 tem o número da área da Tabela 2 para a Austrália; destina-se a ajudar os usuários que procuram tudo sobre a Austrália.

Campo 085 – Componentes do Número de Classificação Sintetizado (R) [novo, 2008]: informações sobre como um número de classificação sintetizado ou a parte de um número de classificação sintetizado foi construído. Ele rastreia os diferentes componentes do número sintetizado, mostrando as diferentes partes do número e onde as instruções de acréscimo são fornecidas. Se um número foi construído usando duas ou mais instruções, um campo separado 085 é fornecido para cada instrução. Exemplo:

082 00 $81 $a346.0469516 $222

085 ## $81.1 $b346.046 $a346.046 $r333 $s95

085 ## $81.1 $b346.046 $a346.046 $r333 $s95

O número de Dewey no campo 082 - 346.0469516 – significa a lei que prevê o controle e a regulamentação governamental de recursos biológicos com o objetivo de conservá-los. O primeiro campo 085 mostra que o número 346.04695 foi construído com 346.046, a Lei de controle e regulamentação governamental de tipos específicos de recursos naturais, mais 95 de 333.95 Recursos biológicos, seguindo as instruções em 346.046. O segundo campo 085, mostra que o número 346.0469516 foi construído com 346.04695, mais 16 Conservação, da primeira tabela de adição em 333.7-333.9, conforme instruído em 333.7-333.9.

Campo 247 – Título anterior (R) [renomeado, 2002]: em 2002, o Campo foi renomeado como "título anterior ou variações do título" para diferenciá-lo do Campo 246 (forma variável do título). O título anterior é usado quando um registro de catalogação para representar vários títulos associados a uma entidade. Por exemplo, sob algumas regras de catalogação (por exemplo, regras da ALA), um seriado é catalogado sob o título mais recente, com títulos anteriores anotados no mesmo registro em notas variadas de título. Da mesma forma, sob algumas regras de catalogação (por exemplo, AACR2), um recurso integrado é catalogado com o título mais recente, com os títulos anteriores anotados no mesmo registro. Os títulos anteriores apropriados também podem ser registrados no campo 547 (Nota sobre complexidade do título anterior). Sob outras regras de catalogação (por exemplo, AACR2), registros bibliográficos separados são criados quando ocorre uma alteração significativa no título da série. Quando registros separados são elaborados para alteração de título, os campos de entrada de vinculação 780 e 785 podem ser usados para mostrar as entradas anteriores e posteriores. Exemplo:

Primeiro Indicador - Entrada de título adicionado

Se uma entrada de título adicionado é feita.

0 – Nenhuma entrada adicionada

Nenhuma entrada adicionada ao título é feita.

1 – Entrada adicionada

A entrada do título adicionado é feita.

245 00 $aFamily circle.

247 10 $aEverywoman's magazine $fv. 1-24, Jan. 1948-57.

Campo 250 – Indicação da Edição (NR) [alterado, 2013]: campo foi tornado repetível. Informações relacionadas à edição de uma obra, conforme determinado pelas regras de catalogação. Para materiais mistos, o campo 250 é usado no registro de indicações relacionadas com coleções que contenham versões de obras existentes em duas ou mais versões (ou estados) em cópias únicas ou múltiplas (por exemplo, os diferentes rascunhos de um roteiro de filme). Para os recursos contínuos, esse campo não é usado para instruir edição sequencial, como 1ª edição. Este tipo de informação está contido no campo 362 (Datas de publicação e/ou indicação de volume). Exemplo:

250 ## $a2nd ed.

250 ## $aSpecial education ed.

250 ## $aICPSR ed., OSIRIS IV version.

250 ## $aCanadian ed. = $bÉd. canadienne.

250 ## $a3rd draft / $bedited by Paul Watson.

Campo 251 – Informação da Versão (R) [novo, 2018]: informações relacionadas à versão de um recurso, de preferência extraídas de um vocabulário controlado. Exemplo:

251 ## $a original do autor

251 ## $a Rascunho

251 ## $a Preprint

Campo 257 – País da Instituição Produtora do Filme de Arquivo (R) [renomeado, 2009]: nome ou nome abreviado do país, área, etc. onde estão localizados os principais escritórios da(s) entidade(s) produtora(s) do recurso. Entidade(s), nesta instância, significa a(s) empresa(s) de produção ou indivíduo que é nomeado na indicação de responsabilidade (subcampo $c) do campo 245 (Indicação de Título). A inclusão de países, áreas etc. nesse campo não expressa nenhuma opinião sobre o status legal da entidade. Exemplo:

257 ## $aFrance $aGermany $aItaly $2naf

257 ## $aUnited States $2naf

257 ## $aItaly $2naf

257 ## $aGermany $0http://id.loc.gov/authorities/names/n80125931 $2naf

Campo 258 – Dados de Informação Filatélica (R) [novo, 2004]: indicação de informações sobre jurisdição e denominação de material filatélico, como selos postais, artigos de papelaria postal (cartões postais, etc., disponibilizados por uma administração postal com uma impressão carimbada (indicium) de denominação), selos de receita (selos fiscais), selos postais e carimbos de correio registrados. Geralmente, são válidos dentro de uma área definida e carregam um valor que significa pré-pagamento ou pagamento devido por serviços ou impostos. Exemplo:

258 ## $aNewfoundland : $b5 pence.

258 ## $aNippon : $b120.

258 ## $aCanada : $b1 cent, 5 cents, 10 cents.

258 ## $aUnited States of America and other jurisdictions :

$bvarious denominations.

Campo 264 – Produção, Publicação, Distribuição, Manufatura e Informação de Copyright (R) [novo, 2011]: indicação relativa à publicação, impressão, distribuição, edição, liberação ou produção de uma obra. As informações no campo são semelhantes às informações no campo 260 (Publicação, Distribuição, etc. (Impressão)). O campo 264 é útil para casos em que o padrão de conteúdo ou políticas institucionais fazem uma distinção entre as funções. Exemplo:

264 #1 $aBoston : $b[editor não identificado], $c2010.

264 #3 $aCambridge : $bKinsey Printing Company

[Na fonte: Publicado em Boston, 2010; Cambridge - Kinsey Printing Company; Nenhuma informação de distribuição]

264 #4 $c©2002

264 #4 $c (P) 1983

264 #4 $ccopyright 2005

Campo 337 – Tipo de Mídia (R) [novo, 2009]: reflete os diversos tipos de dispositivo de intermediação necessários para exibir, reproduzir, executar etc., o conteúdo de um recurso. Usado como alternativa, ou em acréscimo à expressão codificada de Tipo de Mídia no campo 007/00 (Categoria do material). As informações do campo 337 permitem a indicação dos tipos mais específicos e tipos de mídia extraídos a partir de várias listas. Os tipos de mídia a partir de mesma fonte de vocabulário ou lista de códigos podem ser registradas no mesmo campo, em ocorrências distintas de subcampo $a (termo tipo de mídia) e subcampo $b (código do tipo de mídia). Termos de vocabulários de origens diferentes sõ registrados em ocorrências separadas do campo. Exemplo:

337 ## $aaudio $2rdamedia

337 ## $avideo $bv $2rdamedia

337 ## $bs $2rdamedia

337 ## $bn $2rdamedia $3liner notes

337 ## $aaudio $bs $0(uri)http://id.loc.gov/vocabulary/mediaTypes/s

$2rdamedia

337 ## $aaudio $0(uri)http://rdaregistry.info/termList/RDAMediaType/1001

Campo 338 – Tipo de Suporte (R) [novo, 2009]: O tipo de suporte reflete o formato de armazenamento e guarda do suporte em combinação com o tipo de mídia (que indica o sistema de intermediação necessário para exibir, reproduzir, executar etc., o conteúdo do recurso). Usado como uma alternativa ou em acréscimo à expressão codificada de tipo de suporte indicado no campo 007/01 (designação específica do material). As informações do campo 338 permitem a indicar tipos mais específicos de suporte a partir de várias listas. Vários tipos de suporte a partir de mesma fonte de vocabulário ou lista de códigos podem ser registradas no mesmo campo em ocorrências distintas de subcampo $a (termo tipo de suporte) e subcampo $b (código do tipo de suporte). Termos de vocabulários de origem diferentes são registrados em ocorrências separadas do campo. Exemplo:

338 ## $aaudio disc $2rdacarrier

338 ## $avideodisc $bvd $2rdacarrier

338 ## $bsd $2rdacarrier

338 ## $bvd $2rdacarrier

338 ## $aaudio disc $bsd $0(uri)http://id.loc.gov/vocabulary/carriers/sd

$2rdacarrier

338 ## $aaudio disc

$0(uri)http://rdaregistry.info/termList/RDACarrierType/1004

338 ## $asheet $2rdacarrier $3liner notes

Campo 341 – Conteúdo de Acessibilidade (R) [novo, 2018]: Informações sobre modos de acesso ao conteúdo de um recurso, incluindo seu modo principal de acesso e os modos de acesso alternativos. Cada ocorrência do campo requer um subcampo $a para registrar o modo de acesso para o qual é fornecido um modo alternativo e um ou mais subcampos $b - $e para identificar o tipo de acesso alternativo. Os valores para os subcampos $b - $e devem ser retirados de um mesmo vocabulário controlado. Vários valores da mesma fonte vocabular podem ser registrados no mesmo campo, em ocorrências separadas de subcampos. Termos de diferentes fontes de vocabulários, são registrados em ocorrências separadas do campo. Exemplo:

341 0# $aauditivo

341 0# $aauditivo $blegendas $2[código para recurso de acessibilidade]

341 0# $aauditivo $clinguagem de sinais

$2[código para recurso de acessibilidade]

341 0# $avisual $daudioDescription $2[código para recurso de acessibilidade]

341 1# $atextual $ebraille $2[código para recurso de acessibilidade]

$3container labels

341 1# $aauditivo $btranscrição $2[código para recurso de acessibilidade]

$3acompanha CD de áudio

Campo 344 – Característica de Som (R) [novo, 2011]: para a indicação de especificações técnicas relacionadas à codificação do som em um recurso. Os vários valores de uma mesma fonte de vocabulário podem ser registrados no mesmo campo, em ocorrências separadas de subcampos. Termos de diferentes fontes de vocabulários são registrados em ocorrências separadas do campo. Exemplo:

344 ## $aanalog $2rdatr

344 ## $c33 1/3 rpm

344 ## $gstereo $2rdacpc

344 ## $adigital $2rdatr

344 ## $boptical $2rdarm

344 ## $gsurround $2rdacpc

344 ## $hDolby Digital 5.1

344 ## $aanalog $2rdatr

344 ## $dcoarse groove $2rdagw

Campo 345 – Característica de Projeção de Imagem em Movimento (R) [novo, 2011]: para a indicação de especificações técnicas relativas à projeção de um documento caracterizado como imagem em movimento. Múltiplos valores extraídos do mesmo vocabulário podem ser registrados no mesmo campo repetindo o subcampo $a. Termos extraídos de diferentes vocabulários são registrados repetindo o campo. Exemplo:

345 ## $a3D $2rdapf

345 ## $b48 fps

345 ## $aCinerama $2rdapf

345 ## $b24 fps

Campo 346 – Característica do Vídeo (R) [novo, 2011]: Para a indicação das especificações técnicas relativas à codificação de imagens de vídeo em um recurso. Valores múltiplos extraídos do mesmo vocabulário podem ser registrados no mesmo campo repetindo os subcampos $a e $b. Termos extraídos de diferentes vocabulários são registrados repetindo o campo. Exemplo:

346 ## $aBeta

346 ## $bPAL $2rdabs

346 ## $aVHS $2rdavf

346 ## $bNTSC $2rdabs

Campo 347 – Característica do Arquivo Digital (R) [novo, 2011]: para indicar as especificações técnicas relacionadas à codificação digital de um texto, imagem, áudio, vídeo e outros tipos de dados em um recurso. Esta informação também pode ser registrada no campo 300 (Descrição Física) $b (Detalhes físicos adicionais). Valores múltiplos extraídos do mesmo vocabulário podem ser registrados no mesmo campo repetindo os subcampos. Termos extraídos de diferentes vocabulários são registrados repetindo o campo. Exemplo:

347 ## $aaudio file $2rdaft

347 ## $bCD áudio

347 ## $atext file $2rdaft

347 ## $bPDF

347 ## $avideo file $2rdaft

347 ## $bBlu-Ray

347 ## $adata file $2rdaft

347 ## $bXML

347 ## $c182 KB

347 ## $aimage file $2rdaft

347 ## $bJPEG

347 ## $d3.1 megapixels

347 ## $avideo file $2rdaft

347 ## $bDVD video

347 ## $eregion 4 $2rdare

347 ## $aaudio file $2rdaft

347 ## $bMP3

347 ## $f32 kbps

Campo 348 – Formato da Notação Musical (R) [novo, 2015]: disposição musical ou física do conteúdo de um recurso apresentado em forma de notação musical. Formatos múltiplos extraídos do mesmo vocabulário ou lista de códigos podem ser registrados no mesmo campo repetindo os subcampos $a e $b. Termos extraídos de diferentes vocabulários são registrados repetindo o campo. Exemplo:

348 ## $avocal score $apiano conductor part $apart

348 ## $avocal score $b[code for vocal score] $2[code for source vocabulary]

348 ## $apiano conductor part $b[code for piano conductor part]

$2[code for source vocabulary]

348 ## $apart $b[code for part] $2[code for source vocabulary]

Campo 363 – Data Normalizada e Indicação de Sequência (R) [novo, 2007]: A indicação de data numérica, alfabética e/ou normalizada usada no item bibliográfico, e que identifica suas partes, mostrando a relação das partes com o todo. Exemplo:

362 0# $aNachgewiesen 2004 -

363 01 $i2004

362 0# $a15.2005,2 -

363 01 $a15 $b2 $i2005

362 0# $a1949(1951); 1956(1959) nachgewiesen

363 00 $81.1x $i1949 $v1951

363 10 $81.2x $i1956 $v1959

110 2# $aUnited Nations $0(DE-101b)333-5

245 00 $aUN monthly chronicle $cUnited Nations Office of Public Information

362 0# $a1.1964 - 19.1982,5

363 00 $81.1x $a1 $i1964

363 10 $81.2x $a19 $b5 $i1982

245 00 $aVolkszeitung$bsozialdemokratisches Organ für die

Provinz Rheinhessen und die Mainspitze

362 0# $a15.1904,2.Apr. - 44.1933,29.Apr.; damit Ersch. eingest.

363 00 $81.1x $a15 $i1904 $jApr $k2

363 10 $81.2x $a44 $i1933 $jApr $k29

110 2# $aNordrhein-Westfalen $bLandtag $0(DE-101b)2029522-4

245 00 $aRegister zu den Verhandlungen des Landtags / Landtag

Nordrhein-Westfalen $bin der ... Wahlperiode

362 0# $aWahlper. 2.1950/54(1955) - 11.1990/95(1996)

363 00 $81.1x $uWahlper. $a2 $i1950/54 $v1955

363 10 $81.2x $a11 $i1990/95 $v1996

130 ## $aJournal of polymer science / B

245 00 $aJournal of polymer science $nB, Polymer physics

780 00 $tJournal of polymer science / Polymer physics edition

$w(DE-600)220649-3

362 0# $a24.1986,2 -

363 01 $a24 $b2 $i1986

Campo 365 – Preço Comercializado (R) [novo, 2003]: Este campo contém o preço atual de um documento. Também utilizado para registrar o preço especial de exportação de um documento em qualquer moeda corrente. O propósito do campo 365 é para ser usado pelo mercado editorial a fim de registrar o preço atual de um item. Exemplo:

365 ## $a01 $b45.00 $cUSD $d00 $2onixpt

[Um item com preço de $US 45.00]

365 ## $a01 $b49.95 $cUSD $d00 $eExport $jUS $2onixpt

[Um item com um preço de exportação de $US 49.95, aplicável nos EUA]

365 ## $a22 $b10.99 $cGBP $d00 $f20011201 $g20021231

$mEAN 5012340098745 Littlehampton Book Services +44 20 8843 8607

$jGB $hZ 0 10.99 0 $2onixpt

[Um item disponível no Littlehampton Book Services, com um preço com desconto antes da publicação, incluindo impostos de 10.99. O preço com desconto está disponível entre 01 dezembro, 2001 e 31 janeiro, 2002.]

365 ## $a02 $b0.59 $cGBP $d01 $jGB $hS 0.50 17.5 0.59 .09 $2onixpt

[Um item com preço de 59 pence por página no Reino Unido, incluindo IVA. O preço base é de 50 centavos por página, o imposto sobre o valor agregado é de 17,5%, portanto, o IVA é de 9 centavos por página.]

Campo 366 – Informação para Venda (R) [novo, 2003]: o campo contém informações detalhadas relativas à disponibilidade de publicação de editoras. É utilizado, principalmente, por vendedores de livro no formato Marc. Exemplo:

366 ## $aSteinberg Adolescence (3rd ed) $b19921200

[Item publicado em 1992]

366 ## $b19960517 $cNP 19951205 $2onixas

[Ainda não publicado em 5 de dezembro de 1995; com vencimento em 17 de maio de 1996]

366 ## $cRP 19951205 $d19960600

[Reimpressão, em 5 de dezembro de 1995; novas ações previstas para junho de 1996]

366 ## $cOP 20011105 $g20011013 $jUK $2onixas

[Item que foi esgotado no Reino Unido em outubro de 2001. O status foi alterado em 5 de novembro de 2001]

Campo 370 – Local Associado (R) [novo, 2014]: lugar associado com obras e expressões, incluindo o lugar de origem. O campo deve ser repetido quando o período inicial e final nos subcampos $s e $t pertencer a um lugar associado diferente. Se a informação do lugar é de um vocabulário controlado, o vocabulário é indicado no subcampo $2 (Fonte do termo). Exemplo:

245 14 $aThe advocate

370 ## $gBoise, Idaho

[local de origem de Advocate - trimestral]

245 14 $aThe advocate : $bthe official Law Society of Kenya magazine.

370 ## $gNairobi, Kenya

[local de origem de Advocate - mensal]

370 ## $iCapture place: $fOxford (England) $fOundle (England) $2naf

370 ## $3Liner notes: $gEngland $2naf

370 ## $4stg $iSetting: $fWyoming $2naf

Campo 377 – Idioma Associado (R) [novo, 2011]: códigos para registro de idiomas associados à descrição de entidades. Inclui o idioma que uma pessoa usa quando escrever uma publicação, transmite (áudio) etc. Um idioma que uma empresa (entidade corporativa) utiliza em suas comunicações, um idioma de uma família ou um idioma pela qual a obra é expressa. As orientações para uso do campo 377 em relação ao campo 008/35-37, 041 e 546 nos casos em que o formato bibliográfico é utilizado na representação de uma obra ou expressão sem informação da manifestação:

  • No 008: é utilizado para indexação do idioma. Preenche-lo para um recurso/manifestação ou uma expressão; não preencher se o registro for para uma obra.
  • No 041: Informar o campo se necessário e se aplicável em registros bibliográficos somente para a manifestação; não usar se o registro for para uma obra ou expressão.
  • No 546: Utilizar o campo para registrar informações textuais sobre o idioma nos registros bibliográficos da manifestação ou expressão; não usar se o registro for para uma obra.
  • No 377: quando a descrição do recurso for para uma expressão, o campo pode ser informado mesmo quando há duplicação de informações do idioma neste campo subcampo $l. Na descrição da expressão, os campos 008 e 546 também podem conter informações sobre o idioma.

Exemplo:

377 ## $arus $0http://id.loc.gov/vocabulary/languages/rus

245 10 $aHistorical writing in Byzantium / $cJames Howard-Johnston.

377 ## $3Lecture $aeng

377 ## $3Preface $ager

377 ## $3Biographical sketch $ager

546 ## $aLecture in English; preface and biographical sketch in German.

245 00 $aTaiwan : $bMusique des Hakka.

246 1# $aMountain songs and Bayin instrumental music

377 ## $3Mountain songs $achi

 

(Continua na parte II)

 


   174 Leituras


Saiba Mais





Próximo Ítem

author image
NOVOS CAMPOS BIBLIOGRÁFICOS MARCADOS EM DUAS DÉCADAS DO SÉCULO XXI - (SEGUNDA PARTE)
Abril/2020

Ítem Anterior

author image
FORMATO MARC: A QUESTÃO DO CAMPO 856 PARA RECURSOS ELETRÔNICOS
Março/2020



author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.