TEXTOS


  • Textos interessantes e curiosos relacionados com a área, abrangendo citações, dados históricos, notícias etc...

BIBLIOTECÁRIOS CENSORES

Em 1935, várias bibliotecas públicas repeliram o conteúdo dos romances de Theodor Dreiser, autor de Sister Carrie (1900), Jennie Gerhardt (1911) e Uma tragédia americana (1925). Alguns bibliotecários chegaram a queimar exemplares.

Em 1939, os bibliotecários de St. Louis Public Library rechaçaram As vinhas da ira, de John Steinbeck, e queimaram o livro numa fogueira pública, que serviu para que os oradores advertissem o restante dos escritores americanos de que não tolerariam linguajares obscenos nem doutrinas comunistas. (p.262)

Autor: Fernando Báez
Fonte: BÁEZ, Fernando. História universal da destruição dos livros: das tábuas suméricas à guerra do Iraque. Rio de Janeiro: Ediouro, 2006

   31 Leituras


author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.