LITERATURA INFANTOJUVENIL


E O QUE VEM DEPOIS DE MIL?

Meu pai faleceu no dia 20 de agosto, então minha pergunta deveria ser: E o que vem depois da morte? Não a faço porque creio que depois da morte há a verdadeira vida ou a vida verdadeira. Creio que a vida na Terra é passageira e, portanto, a morte física é apenas um ATÉ LOGO! Penso assim, mas, mais do que nunca sei que saudade dói de mansinho.

 

Mas então por que a pergunta do título?

Resposta: ganhei o livro – E o que vem depois de mil? da escritora e ilustradora alemã Anette Bley.

 

Quando minha da irmã Solange me deu este livro com certeza tinha a intenção de me preparar para a morte do meu pai. Então li e guardei o texto carinhosamente no meu coração. Agradeci mentalmente a autora e a minha irmã este curativo. Agora que meu pai não está entre nós fisicamente, com o coração, ainda miudinho, reli o livro e mais uma vez ele me consolou.

 

São três os personagens desta obra: Otto, Lisa e Olga. Dois adultos e uma criança. Lisa é uma criança que tem uma forte ligação com o Otto. Otto é um divertido avô-amigo ou quem sabe um amigo com a idade de avô. Isso não importa. O amor e a cumplicidade entre os dois, os faz passar horas contando infinitamente a vida, melhor dizendo: eles brincam com os infinitos números e passam momentos serenos vendo as estrelas deitados na grama, comendo torta de cereja e cuspindo seus caroços, falando de histórias de índios.

 

Um dia, assim como o meu pai, Otto adoece e Lisa não sai do seu lado. Lisa segura na mão de Otto. Ela o convida para colher amoras, Otto não tem mais forças.

 

Lisa vendo-o sem ânimo, pergunta:

- Você vai morrer logo?

- Mhmm! diz Otto balançando a cabeça. – Eu acho que sim.

 

Quando Otto morre, faz-se um grande silêncio.

Olga abraça Lisa com força. Elas olham para ele por muito tempo.

Será que ele está sorrindo um pouco?

Pálido ele está.

Mas dessa vez Olga só diz, baixinho: - Vá em paz, Otto! (2009, Não paginado)

 

Confesso que me identifico muito com Lisa, pois fiquei horas segurando a mão dele, mas não tive a coragem de fazer a mesma pergunta para o meu pai. No entanto, na última vez que estive no hospital (19 horas antes de sua partida), tive a certeza que era o seu último dia e o nosso último encontro físico.

 

Muito tristes Lisa e Olga ficam olhando o céu:

 

As estrelas vão aparecendo no céu. Lisa pensa em Otto e nas cinco perna (1) deles na grama e nos dois biscoitos de reserva. Agora parece que Otto está bem perto.

- Sabe, Olga – ela diz após uma pausa -, o Otto é como os números, ele simplesmente está dentro de nós e não acaba nunca.”

 

Para terminar digo: Vai em paz meu querido pai! E peço: leiam para as crianças este livro, principalmente para aquelas que perderam um avô, uma avó, um amigo ou uma amiga queridos.

 

Sugestão de Leitura:

 

BLEY, Anette. E o que vem depois de mil? São Paulo: Berlendis &Vertecchia, 2009.

 

NOTAS

(1) 2 pernas de Otto, 2 pernas de Lisa e a bengala dele.


   919 Leituras


Saiba Mais





Próximo Ítem

author image
BIBLIOTECAS E SEUS FANTASMAS
Janeiro/2015

Ítem Anterior

author image
MARINA, A MOÇA TECELÃ
Julho/2014



author image
SUELI BORTOLIN

Doutora e Mestre em Ciência da Informação pela UNESP/ Marília. Professora do Departamento de Ciências da Informação do CECA/UEL - Ex-Presidente e Ex-Secretária da ONG Mundoquelê.