BIBLIOCONTOS


PROVA ORAL

A educação anda em crise no Brasil. Os jornais constantemente publicam matérias apontando as deficiências do ensino e os reflexos sobre os alunos. Professores tentam exigir dos estudantes um mínimo de conhecimento, entretanto, esse mínimo ainda é insuficiente.  Porém, os fatos relatam as dimensões deste cenário.

 

A professora resolve realizar a prova oral, com os alunos na biblioteca da escola, assistida pelo bibliotecário.

 

No espaço de estudo, sentam-se à mesa a professora e o primeiro aluno. Um de frente para o outro. O bibliotecário, acompanhando o encontro, fica de pé, atrás do aluno. A professora faz a primeira pergunta:

 

¾    Luizinho! Responda! O que Dom Pedro I disse quando proclamou a independência do Brasil?

 

Neste instante a professora derruba o lápis, e abaixa-se para pegá-lo. Quando levanta, torna a perguntar:

 

¾    E, então Luizinho! O que Dom Pedro I disse?

 

¾    Peitinhos maravilhosos, professora!

 

¾    Não é nada disso! Zero! (Diz a professora irritada).

 

Luizinho, levantando, vira-se para o bibliotecário e, irado, grita:

 

¾    Pô, tio! Se não sabe a informação certa, não sopra!

 

Em realidade, nem toda a informação faz sentido para o usuário. Sempre bom levar em conta na hora de emiti-la.

Autor: Fernando Modesto

   28 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.