BIBLIOCONTOS


LOVING LIBRARIANS

O jovem fora preso pela Polícia, na Biblioteca Pública Municipal, em flagrante delito. Fora-lhe dado voz de prisão por aplicar golpes contra bibliotecárias, que consultava nas bibliotecas da região em que se tornava um consulente assíduo.

Segundo informações policiais, nove outras bibliotecárias, vítimas do usuário golpista, o reconheceram, mas a suspeita é de que houvesse mais de 15 bibliotecárias furtadas pelo falso leitor.

Suas ações vinham sendo investigadas há um bom tempo, desde as primeiras duas queixas. Seu modus operandi era sempre o mesmo. Uma ação padronizada. Segundo relatos, ele costumava chegar à biblioteca com pedido de consulta. Elogiava o trabalho bibliotecário, e pedia algum favor de empréstimo e, posteriormente, retornava o favor concedido com flores ou chocolate.

Na continuidade de frequência dizia estar encantado com o atendimento, a competência profissional. Porém, na sexta ou oitava vez que a bibliotecária o encontrava na biblioteca, o meliante consulente se valia da confiança adquirida para roubar os pertences das vítimas.

Segundo a apuração, neste momento, ele chegava com a desculpa de não encontrar o material na coleção. Falava da urgência pela informação e pedia auxílio especial na localização do recurso.

Assim que a bibliotecária se deslocava pelo acervo, ele saia na corrida levando os pertencentes da profissional e mesmo de funcionários, como: bolsa, carteira, sacola e tudo mais de valor que estivesse ao alcance.

Uma jovem bibliotecária ajudou a polícia na solução do caso. Foi descoberto que o pseudo usuário mantinha cadastro nas bibliotecas atacadas, semelhantes aos seus perfis falsos, mantido nas redes sociais.

Ao se apresentar na biblioteca a profissional informada levantou os dados e repassou para a polícia. O leitor gatuno responderá por furto qualificado de mediadores da informação e falsidade ideológica de consulente de biblioteca.

 

Baseado em notícia jornalística: “Rapaz é preso acusado de roubar mulheres após encontro em São Paulo”. Jornal Folha de São Paulo, 29/04/2016. Cotidiano, B7.

Autor: Fernando Modesto

   143 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.