BIBLIOCONTOS


SEU LUNGA NA BIBLIOTECA SEM LENGA-LENGA

Tem um personagem famoso em todo o Nordeste, e porque não em todo Brasil, conhecido por Seu Lunga. Uma pessoa que não admitia pergunta imbecil, sem sentido ou intrometida. 

Muitas histórias sobre ele são conhecidas, mas pouco se sabe que ele era um frequentador assíduo da biblioteca pública da sua cidade, e de outras bibliotecas da cidade a qual visitasse. Na hora de fazer uso do serviço bibliotecário, ele não aceitava lenga-lenga no atendimento. 

Contam sobre um ocorrido, no qual o Seu Lunga entra na biblioteca pública, pega um livro na estante e coloca-se a folheá-lo, em pé, na sala de leitura. Um funcionário observando aquele homem em pé, na sala, aproxima-se e todo solicito, lhe indaga:

- O Sr. quer uma mesa para ler, Seu Lunga?

- E eu estou em alguma loja de móveis por acaso?

E sai do local resmungando por terem lhe perturbado a leitura.

Autor: Fernando Modesto

   54 Leituras


author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.