PRINCIPAL
COLUNAS
CURIOSIDADES
DESBASTANDO O ACERVO E OUTROS TRECOS DA BIBLIOTECONOMIA
EXPERIÊNCIAS
GENERALIDADES
MERCADO
NOTÍCIAS
TEXTOS
PESSOAL
DISCIPLINAS
CADASTRO
CONTATO
EXPERIÊNCIAS

RAFAELA BOMBARDINO
[Setembro/2004]

(Rafaela Bombardino - Jornalista )

Ainda me lembro do primeiro livro que li de verdade, excluíndo aqueles de leitura obrigatória no colégio. Eu devia ter uns 11 anos e fiquei em segundo lugar na Olimpíada de Matemática da minha escola. O prêmio? Um livro adolescente. Ainda bem que não me deram uma calculadora, pois sou um desastre em cálculos e só ganhei a tal competição porque havia gente que conseguia ser pior do que eu! Meu negócio sempre foi mesmo com as palavras, mas eu talvez nunca me ligaria se não tivesse ganhado esse livro. Lembro que a história envolvia uns quatro adolescentes que estavam perdidos na floresta e sendo perseguidos por um bando de bandidos que queriam roubar uma fórmula poderosa de um cientista. Fiquei tão animada com a leitura quanto com os filmes da Sessão da Tarde, que antigamente tinham alta qualidade e criatividade (Goonies, Conta Comigo, Curtindo a Vida Adoidado, A Lenda, Labirinto...). Depois daquele livro, cujo título me fugiu da memória há tempos, não consigo mais passar sem leitura. Nem me leva em livraria, porque eu fico babando igual cachorro diante de máquina de frango assado!

(Fonte: Blog Epinion - Comentário de mensagem em 04 junho de 2004)



Desenvolvido por LLT Hosting & Development © Info Home 2005