GERAL


ERASMO CARLOS

“Erasmo Carlos também não gostava de ler, embora tivesse na estante de sua casa as obras completas de José de Alencar, Alexandre Dumas e Júlio Verne, além de clássicos como Decameron, de Boccaccio, e As mil e uma noites.  ‘Quando o vendedor apareceu expliquei que não iria comprar nenhum livro porque não gostava de ler. Mas ele contou que aquilo era bom para decoração. Aí comprei tudo’, diz Erasmo.

“Nem jornal nem livros, o que Roberto e Erasmo gostavam mesmo de ler era revistas em quadrinhos, como as de Bolinha, Luluzinha, Brucutu e Fantasma.”

Fonte: ARAÚJO, Paulo Cesar de. Roberto Carlos em detalhes. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2006. p.321

   32 Leituras


author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.