LITERATURA INFANTOJUVENIL


BRINCADEIRAS ESCATOLÓGICAS DE UMA CRIANÇA

Quando falei que esse mês nessa coluna iria tratar das brincadeiras escatológicas das crianças, alguns pais "torceram o nariz" para a minha conduta e disseram: você vai entrar na onda da televisão e dos filmes que apresentam os personagens soltando gases (pum, mesmo!) e tirando meleca do nariz?

Fiquei alguns dias refletindo e, mesmo correndo o risco de ser reprimida, resolvi arriscar. Prometo que não vou exagerar na dose!

Todos sabem que a criança tem uma tendência a se divertir muito com situações como: pegar a fralda suja de um bebê e tentar esfregá-la em alguém, jogar água em uma pessoa, fingindo que é espirro bem "melecado" ou ainda, arremessar, num dia de muita gripe, um lenço, mesmo que limpo, em uma pessoa. Sem falar nas conversas desagradáveis e "porcas" no horário das refeições.

O que muito adultos não entendem é que isso faz parte da construção do imaginário infantil. Pensando nisso é que em 1994 escrevi a história Papo de Monstros, que agora passo a intitulá-la de Papo de Monstros I, pois resolvi escrever a Papo de Monstros II.

Peço desculpas os adultos.

E as crianças... Bem, às crianças? Peço a bênção, pois "lá vêm histórias..."

PAPO DE MONSTROS I

(1994)

Cansado de tantos dias de sol, sem poder sair para brincar, Trinho - o monstrinho - resmunga na cabeça da Dona Monstra ____________deixando-a cada vez mais ____________.

Trinho era ____________, pois era filho único.

Era muito parecido com seu pai, tinha olhos ____________, cabeça ____________, orelhas______________ e dentes ____________.

As férias estavam um _____________ e ele estava cansado de soprar bolhas de sabão com água suja sozinho, torcia para que uma chuva ____________caísse, ou melhor, torcia por uma tempestade ____________de assustar até os fantasmonstros. E de repente, começou a chover...

- Oba! Mãe to saindo!

Lá fora uma lama ____________e ____________escorria e ele se divertia com sua namorada Trinha, a gatinha, e apaixonado dizia:

- Hoje você está tão linda com sua calça ____________e esses brincos de ____________ . TE LAMO! VOCÊ ME LAMA?

- Sim

- Então tó um bilhetinho pra você.

"Querida vamos lamber ferida?
Ferida não me seduz, prefiro um copo de pus. Pus?! Mas que horror! Vamos lamber tumor?"

 

Palavras para você recortar e colar no espaço que você quiser.

deformadas - esbugalhados - terrível - podres - maluca - lodosa - minhoca - rasgada - gorducha - fedida - horripilante - mimado - moles - xarope.

 

PAPO DE MONSTROS II

(2005)


No 15o ____________da Rua______________ morava um monstro que, apesar de ter idéias ____________, era um muito romântico. Na verdade um grande poeta!

Por ser um monstro muito ______________, liderava a Escola de Samba "Unidos na Mesma ___________".

Um dia ele se apaixonou por uma ______________ do cinema francês, e para conquistá-la, resolveu dirigir o filme: "Volta ao mundo em 80 dias sem tomar banho", não deu certo. Ela era muito ___________!

Passado alguns anos ____________, ele apaixonou-se por uma Monstra ___________ que fazia o comercial do creme de extrato de _____________ e querendo conhecê-la mandou uma carta para TV "Cheiro de___________" convidando a sua amada para jantar com ele.

A atriz-monstra aceitou _____________ ao lembrar que a casa do monstro era muito __________ e que havia sido fotografada pela Revista __________.

Quando lá chegou, ela não pode esconder o seu encantamento. A casa era exatamente como as fotos da Revista: a mesa era uma lata de sardinha, o sofá um acolhedor pedaço de bacalhau, as xícaras ___________ em miniatura. E para deixar a casa bem romântica, o ilustre cavalheiro comprou diferentes velas aromatizadas com cheiro de ___________, ____________ e ______________.

- Que romântico! - ela disse.

E ele emocionado pergunta: Você me esgota?

Também emocionada ela responde:

- Eu te esgoto.

Palavras para você recortar e colar no espaço que você quiser.

estrume de cavalo - intestino - fedorentas - esgoto - penicos - maria fedida - craquenta - cheirosinha - meleca - enlouquecidamente - embolorado - animal - esterco - bueiro - atriz-monstra mal cheirosos - barata - gambá



   389 Leituras


Saiba Mais





Próximo Ítem

author image
OS CONTOS DE FADAS E OS 200 ANOS DE ANDERSEN
Agosto/2005

Ítem Anterior

author image
MEDO, EU TE QUERO MEDO
Junho/2005



author image
SUELI BORTOLIN

Doutora e Mestre em Ciência da Informação pela UNESP/ Marília. Professora do Departamento de Ciências da Informação do CECA/UEL - Ex-Presidente e Ex-Secretária da ONG Mundoquelê.