GERAL


IGNÁCIO DE LOYOLA BRANDÃO

A Biblioteca de Araraquara foi essencial à minha formação. Era na Biblioteca, uma sala escura do prédio da Prefeitura, na rua São Bento, que meu grupo se reunia, todas as tardes, fizesse sol ou chuva. Aliás, dia de chuva era maravilha, porque ninguém a freqüentava, a biblioteca era o nosso domínio absoluto. Ali, reinávamos, sob as vistas complacentes do Marcelo Manaia que inclusive nos abria as gavetas, facilitando o acesso aos livros "proibidos" como Cacau de Jorge Amado ou O Amante de Lady Chaterly, de Lawrence. Para uma cidade do interior, década de cinqüenta, era uma boa biblioteca, com bom acervo brasileiro. Em poucos anos tínhamos lido quase tudo que era legível e nos ocupávamos até de coisas "ilegíveis" como a Revista dos Tribunais. A biblioteca tinha também uma coleção de jornais de São Paulo e Rio, nosso único acesso às informações. Foi ali que descobri um livro sobre cinema. Uma revelação: todo o processo de se fazer filmes, o mecanismo dos estúdios, os bastidores da arte cinematográfica, me levaram a tentar a crítica de cinema. Foi meu início em jornal. Na biblioteca redigi a primeira crítica. Ali, o Fenerich, um amigo, corrigiu os erros e me ajudou a datilografar. Na biblioteca eu estudava, conversava, lia, olhava as meninas pela janela (o pátio dos fundos do IEBA dava para a biblioteca), redigia minhas críticas, datilografava. Anos mais tarde, a biblioteca mudou para a rua Padre Duarte, para um prédio maior. Ali fiz minhas pesquisas para um capítulo importante do Zero, o do ritual da morte de Rosa. O primeiro esboço deste capítulo foi redigido na grande mesa de leitura, que existe até hoje. E foi a biblioteca quem promoveu, há alguns anos atrás, já com a direção de Marta Lupo Stella, um concurso nacional de contos, cujo prêmio principal leva meu nome.
Fonte: PALAVRA CHAVE, São Paulo, n.1, p.6-7, maio 1982

   21 Leituras


author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.