AO PÉ DA ESTANTE


AUTOR DESCONHECIDO?

Um livro policial, autoria sob pseudônimo, identificado como Robert Galbraith... O título do livro também é intrigante: O Chamado do Cuco.

Dois anos depois, acabou-se o suspense quanto ao autor, ou melhor, a autora: trata-se de Joanne Kathleen Rowling, ou J.K. Rowling, criadora de Harry Potter. Pela dinâmica da narrativa e sua capacidade de captar o leitor, entende-se o sucesso da série anterior. Esta obra é sua primeira história policial (2013), às quais seguiram-se, também pela autoria de Robert Galbraith, O Bicho da Seda (2014), Vocação para o Mal (2015), Branco Letal (2018) e Sangue Revolto (2021).

O renome da autora chegou à Academia: Winston Martins Jr. elaborou uma resenha (disponível em Scielo) sobre a linguagem de Rowling e este livro, especificamente, analisando as marcas de oralidade. Há também inúmeros comentários na Internet e um verbete na Wikipédia; definitivamente, um sucesso internacional. Robert Galbraith gerou um site na rede, produzido pela própria autora.

O título do livro deve-se a duas situações: um poema sobre o falecimento de uma pessoa jovem e um fato sobre os cucos, que não pode ser explicado, ou a solução do crime se tornaria evidente. No poema intitulado Um Lamento, em página que antecede o “Prólogo”, Christina G. Rossetti narra a tristeza pela morte de um jovem.

O detetive, Cormoran Strike, revela-se um homem comum, ex-policial, com uma vida normal na Inglaterra da atualidade. Cormoran enfrentou sua quota de guerra e consequentes sequelas físicas e psíquicas, além do casamento feito e desfeito. 

Galbraith desenha uma história interessantíssima. A trama desencadeia-se a partir da morte de uma belíssima jovem modelo, cuja vida pessoal é bem complicada; para muitos, um suicídio; para outros, um acidente; para terceiros, a possibilidade de assassinato. Cormoran investiga nas três direções, enquanto anda por Londres, dos bairros mais elegantes aos mais simples, com o leitor em suas pistas e pegadas, sempre instigantes.

Algo de inusitado em romances policiais, talvez porque a vítima tenha sido modelo, resulta na preocupação com roupas: as vestimentas dos personagens, modelos do personagem estilista, vitrines em lojas londrinas aparecem ao longo de toda a narrativa.

Em resumo, um enredo muito bem-criado, uma ótima solução detetivesca, e situações e momentos que nos prendem da primeira à última página. De todos os pontos de vista, uma história policial a ser lida.


   85 Leituras


Saiba Mais





Próximo Ítem

author image
CONEXÕES ARGENTINAS
Novembro/2021

Ítem Anterior

author image
UM ESCRITOR ATENTO NA VIRADA DO SÉCULO XIX PARA O SÉCULO XX
Outubro/2021



author image
SARASVATI

Nascida e criada na Índia, estudou na Universidade de Madras, morou em Goa (onde aprendeu português) e viajou pelo mundo em busca de autores e compositores diferentes. Apaixonada pela música brasileira, fixou-se em São Paulo, pela convivência pacífica entre religiões as mais diversas.