AO PÉ DA ESTANTE


AO PÉ DA ESTANTE... EM UMA IGREJA ANGLICANA


Um dos romances policiais que mais nos chamaram a atenção, dentre os muitos já lidos, foi A substituta, pela originalidade da trama. Nela, quem desvenda um crime é nada mais nada menos que uma pastora da Igreja Anglicana.

A autora, Michelle Blake, nasceu em 1951, no Texas, e além de poetisa e professora universitária, a certa altura revelou-se ótima escritora de policiais, com três romances protagonizados por Lilly Connor, a pastora anglicana. Sua estreia foi com o romance A substituta, em 2005 e no ano seguinte surge o A Terra não sofre, ambos aqui lançados pela editora A Girafa. A trilogia se completa com The book of light, ainda não editado no Brasil.

Em A substituta, Lilly é designada temporariamente para uma nova paróquia, em Boston, no lugar do amado pastor Fred Barnes, recém-falecido em suposto acidente. Lilly é recebida com frieza e desconfiança pela maioria dos fiéis, e, em meio a questionamentos quanto à própria vocação religiosa, ela se vê diante da certeza do assassinato do pastor. Apesar das dificuldades pessoais e de um clima permanentemente ameaçador, Lilly se empenha em desvendar essa morte misteriosa.

O romance nos encanta pela narrativa simples, mas bem construída, em que a busca da verdade mescla-se com a compaixão pelo sofrimento humano, acima de qualquer outro interesse. Em momentos muito angustiantes, a pastora se vale de belas orações de sua fé, das quais destacamos, sem qualquer intenção de proselitismo, esta Prece Noturna:

"Guarda, Senhor, todos os que trabalham, vigiam ou choram esta noite, e entrega a teus anjos o cuidado daqueles que dormem. Vela pelos doentes, dá descanso aos angustiados, abençoa os moribundos, consola os que sofrem, tem compaixão dos aflitos, protege os felizes; e tudo para a glória do Teu amor."


   246 Leituras


Saiba Mais





Próximo Ítem

author image
AO PÉ DA ESTANTE... DA SUÉCIA PARA O MUNDO
Janeiro/2017

Ítem Anterior

author image
AO PÉ DA ESTANTE... NOS PRIMÓRDIOS DO SÉCULO XX, COM AS RAINHAS DO CRIME
Novembro/2016



author image
SARASVATI

Nascida e criada na Índia, estudou na Universidade de Madras, morou em Goa (onde aprendeu português) e viajou pelo mundo em busca de autores e compositores diferentes. Apaixonada pela música brasileira, fixou-se em São Paulo, pela convivência pacífica entre religiões as mais diversas.