LITERATURA INFANTOJUVENIL


LITERATURA INFANTOJUVENIL

author image
SUELI BORTOLIN

Doutora e Mestre em Ciência da Informação pela UNESP/ Marília. Professora do Departamento de Ciências da Informação do CECA/UEL - Ex-Presidente e Ex-Secretária da ONG Mundoquelê.

Últimas Inclusões

Setembro/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

MINHAS RETICÊNCIAS E A COMPLEXIDADE DE LER GUIMARÃES ROSA

Outro dia estava muito reticente... o que estamos vivendo no Brasil não é apenas uma pandemia. Há um desserviço político oferecido aos cidadãos que está nos intoxicando. A imunologia pode salvar vidas em um processo de dessensibi...

Agosto/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

A VERDADEIRA HISTÓRIA DO LIVRO MENINA BONITA DO LAÇO DE FITA

Muitos livros de literatura infantojuvenil publicados no Brasil provocam sentimentos opostos, por exemplo, em alguns leitores despertam amor e em outros leitores rejeição. Um deles é Menina Bonita do Laço de Fita. Cada vez que me pergun...

Junho/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

O MEU PÉ DE LARANJA LIMA

A fruta que eu mais gosto é a banana. Gosto de laranja também, mas gosto mais da laranja lima que é menos ácida, pois tenho língua “erupnosa”, melhor dizendo, descobri há pouco tempo que para fins de estudos é denominada de fissu...

Junho/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

A CRIANÇA E O ADOLESCENTE PODEM LER JORGE AMADO?

Obviamente que essa pergunta é provocativa, mas eu a fiz na intenção de enfrentar alguns estereótipos e preconceitos que rodeiam o escritor Jorge Leal Amado de Faria, mais conhecido como Jorge Amado. Jorge Amado nasceu em Itabuna na ...

Abril/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

E O QUE VEM DEPOIS DE MIL?

Se perguntássemos para uma pessoa que gosta de números - o que vem depois de mil? Ela responderia numericamente assim: 1001. Eu responderia depois de 1000, vem tantas narrativas!! Oswaldo Francisco de Almeida Júnior, idealizador e man...

Março/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

PLANTAS E ANIMAIS QUE QUERO TER

Outro dia li no site do YouTube que durante o isolamento da COVID 19, dezoito milhões de pessoas buscaram nessa plataforma postagem a respeito de jardinagem. Isso me fez lembrar que já tive ideias nesse sentido, mas elas eram exóticas. D...

Março/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

PALAVRAS, PALAVRINHAS, PALAVRÕES, PANDEMIA E PANDEMÔNIO

... devo avisar que esse texto tem muitos parênteses (não se assuste leitor!). Os parênteses são mais esclarecedores dos que as reticências que, muitas vezes, nos deixam no ar, mas que são divertidas. Apesar do título dessa coluna...

Fevereiro/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

O MENINO JÓSIK E O AVÔ MICHAEL

Hoje não vou falar de literatura infantil, vou falar de um livro brasileiro para adultos. Creio que o idealizador e mantenedor desse site não fará oposição, pois primeiro foi ele quem me deu esse livro e, segundo, porque vou falar de d...

Janeiro/2021
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

O SILÊNCIO E AS NARRATIVAS ORAIS: CONTINUANDO A CONVERSA...

Na coluna de dezembro 2020 eu e o professor Cléber Fabiano abordamos o silêncio e as narrativas orais. Não satisfeita, quis dar continuidade à conversa e preciso começar dizendo que o silêncio absoluto não existe, haverá sempre uma ...

Dezembro/2020
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

O SILÊNCIO E AS NARRATIVAS ORAIS: INICIANDO UMA CONVERSA

Sueli Bortolin Cléber Fabiano A inspiração para a escritura desse texto foi a disciplina A música na contação de histórias ministrada no Curso de Especialização Contação de história e literatura infantil e juvenil da FATUM...

Novembro/2020
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

TRAÇOS, CHEIROS E SONS QUE TRAZEM MEMÓRIAS DA INFÂNCIA

O traço artístico desde a infância me atraia a atenção, talvez porque sempre estive rodeada de alguma arte (aqui incluo os espetáculos de circo dos meus primos que pagávamos a entrada com doces). Sempre observei minha tia Augusta...

Outubro/2020
SUELI BORTOLIN
LITERATURA INFANTOJUVENIL

A PENA SEMPRE APEQUENA: MESMA ANGÚSTIA E NOVAS RESPOSTAS

Trabalhar com um grupo sensível é sempre uma vivência enriquecedora. Se o grupo é coordenado pelo pedagogo André Luís Onório Coneglian, a aprendizagem é dobrada ou triplicada. Esse professor há anos realiza pesquisas a respeito de ...

Arquivo